Tags

,

Há exatamente um ano, no dia 6/06/2011, estávamos eu e minha irmã embarcando rumo à Paris. Uma viagem que com toda certeza seria um marco nas nossas vidas.

E é por esse motivo que nós escolhemos este assunto para inaugurar nosso blog.

Paris têm todo o charme que se espera, todo o glamour que dizem por aí e muito mais. A cidade é realmente maravilhosa e vale muito a pena visitá-la. Mas como a abordagem principal desse blog é falar de arte, principalmente de Dança, focaremos o primeiro post no lindíssimo Palais Garnier mais comumente chamado de Ópera de Paris.

A Ópera não ficava muito longe do hotel e então resolvemos caminhar, e pouco depois já se viam os anjos dourados da fachada. É tudo fantástico mesmo visto de fora, a gigantesca construção neobarroca é de tirar o fôlego. Na sua frente existe uma pequena Praça onde fica situado “Le Métro de L’Opéra” deixando o local bem povoado em qualquer horário do dia.

Pausa para o lanche nas escadarias da Ópera! Pacote de cookies por 80 centavos de euro no Marché Fanprix!

As escadarias externas da Ópera se tornam uma verdadeira praça de alimentação, sendo disputadíssimo arranjar um lugar no chão para sentar e comer, inclusive quando existem pombas nessa disputa!

Mesmo sem assistir a algum Balé ou Concerto, pode-se visitar o Palácio por dentro. Tudo é incrivelmente lindo, o Foyer onde tudo é feito de mármore, ouro e outros materiais nobres é iluminado por inúmeros lustres de cristal. Nos fazendo sentir como princesas!

Libertando a bailarina brega interior!!

A impressão que tive é que se pode visitar quase tudo, é claro que alguns locais estavam fechados e outros em reforma, como em quase todos os lugares abertos à visitação no mundo! Não pudemos entrar na Sala de Espetáculos porque a Cia de Balé estava ensaiando no palco (e que palco!), mas deixaram alguns camarotes abertos para que nós pudéssemos ver o interior do Teatro e o ensaio sem fazer muito alvoroço.

O que é este teto minha gente??? Estupendamente bonito contrastando agradavelmente com o resto da decoração. Ele só foi repintado em 1964 por Marc Chagall e este lustre pesa mais de seis toneladas

O Gift Shop para quem é bailarino, músico ou ama uma boa leitura sobre arte, é como se fosse uma espécie de parque de diversão ou para melhor ilustração para quem hoje se encontra de TPM, uma loja de doces! Centenas de livros, revistas, Cds, materiais educativos, souvenirs de todos os tipos e tamanhos, que só ficaram impossíveis de trazer aos montes devido ao preço “salgadinho”! Malhas, sapatilhas, camisetas, tutus e uma bolsa linda e gigante de 60 euros que até hoje me arrependo de não ter trazido. Portanto, se visitar a Ópera de Paris, não se esqueça de que se gasta muuuuuito tempo na lojinha.

Vista maravilhosa da sacada da Ópera.

Terminamos nossa visita na sacada, onde se pode ver uma vista linda da Avenida de L’Ópera, ainda mais com os dias lindos que fizeram em junho do ano passado em Paris.

Fica impossível descrever toda a beleza da Ópera em apenas um post, em apenas algumas palavras. Para quem é artista ou amante da arte, sem nenhum exagero, o lugar traz lágrimas aos olhos. A vontade é de ficar lá para sempre, imagine então poder pisar naquele palco?

Bom, por hoje é só. Esperamos que tenham gostado e em breve postaremos a segunda parte! Obrigada e…

…Bom Dia!!

Thais Mello.

Anúncios