Tags

,

É sempre assim, para nós professores e bailarinos, segundo semestre é sinônimo de correria.

Em pouco tempo precisamos decidir o tema da apresentação, quem vai dançar, qual vai ser a música, como vai ser o figurino e quais vão ser os horários dos ensaios! Isso tudo sem falar nas coreografias em si, que muitas vezes dão um trabalhão danado pra montar…

Tem sempre aquela criança que desiste da coreografia porque resolveu fazer natação, aquela que saiu da natação porque quer fazer parte da coreografia quando esta já está praticamente pronta, aquela lindinha que adora faltar, aquela roupa que não ficou do jeito que você queria, aquele rádio que não funciona e todas as discordâncias com o seu diretor… pode parecer demais, mas isso está acontecendo agorinha com um professor de ballet!

Pode ser um processo muito frustante ou um processo maravilhoso, vai depender de como você lida com a questão. Faça o seu melhor e espere que os outros também façam a sua parte, não queira resolver tudo sozinho!  Se der certo ótimo, senão…no próximo ano você tenta de novo!

Um outro dia, ao cortar as músicas para uma de minhas coreografias ( coisa que muita gente não sabe que dá pra fazer…rs…desculpem, foi inevitável!), percebi uma coisa…às vezes ao tentar consertar algo complicado, não percebemos que estamos insistindo no lugar errado…é só mudar de visão e voilà!

Gold Wave é lição de vida!

Como sabiamente disse Coco Chanel :” Não perca tempo esmurrando uma parede esperando que ela se transforme em uma porta”

Se você é daquelas pessoas que se estressam demais, mude de atitude! Boa loucura de fim de ano pra você e…

Bom Dia!!

Carol Prado.

Anúncios