Não se assustem com o poema sutil que escolhi para hoje, a genialidade dele se deve ao fato que hoje, ele deve ser lido de trás para frente!

Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais…

Clarice Lispector

Hoje, inspiradas pelo “Dia dos Namorados”, fizemos uma seleção das coreografias para tirar o fôlego, de quem já está apaixonado ou de quem procura se apaixonar….

Collide do “maravidjoso” Travis Wall com Kent e Lauren

 

Essa próxima coreografia é uma das minhas favoritas, onde eu particularmente, encontro vários momentos de tirar o fôlego (=D Neil vem ni mim!!)…

E para os clássicos, o Pas de Deux de “Manon” com Roberto Bolle e Aurélie Dupont

E por último, a minha cena favorita com Jim Sturgess com uma das músicas mais inspiradoras pra esse dia, aliás para todos os dias…

Mais amor por favor ❤ e ….

Bom dia!!!

Carol Prado e Thais Mello.

Anúncios