Tags

, , , , , , , , , ,

 

Eu chamei o meu amigo de lado e pedi:
Coloca seu braço ao lado do meu assim ó… Você vê alguma diferença entre nós que vá além da cor da pele?

Ele se sentiu ofendido com a mera menção da pergunta e retrucou:
– Vocês que têm a pele branquinha nunca vão entender o que é sofrer racismo! Vocês não deveriam dar opinião sobre o assunto.

Não, na minha realidade, eu realmente não poderia saber, mas na ânsia de provar o meu ponto de vista, retruquei:
– Mas e você que é homem, nunca sentirá o machismo na pele! Salário menor, pessoas julgando a cor do seu batom e a altura da sua saia.

– Posso receber mais que você, mas você é hétero, você não saberá jamais como é ser discriminado por ser gay! O medo de andar e ser espancado na rua só por ter uma opção sexual diferente.
– E você é magro! Não sabe como eu já chorei por ser chamada de gorda, entre outros apelidos pejorativos. Pessoas me dizendo que eu jamais poderia me tornar bailarina!

E as frases seguintes, foram carregadas de rancor, cobrança, vitimismo e total indiferença à dor do próximo. *

                                                              ~-~

A Discriminação Racial, a Homofobia, o Machismo e a Gordofobia, assim como qualquer tipo de preconceito ou discriminação, existem e são atos desprezíveis aos olhos de um ser humano justo.
A existência desses atos é inegável porque o ser humano é desprezível e necessita apontar erros e defeitos dos outros, para que assim, possa sentir-se melhor consigo mesmo!
A grande verdade é que somos todos hipócritas, gritamos pela nossa própria causa nos esquecendo de que um dia, já ferimos alguém com outro tipo de preconceito.

O mesmo gay que luta por direitos iguais e abomina preconceito, já olhou de cima a baixo uma gordinha que entrou em sua loja para provar um vestido. A mesma gordinha já segurou a bolsa ao passar ao lado de um negro. O mesmo negro já agarrou uma menina no baile de carnaval porque ela estava “pedindo”. A mesma menina já olhou um casal gay na rua e fez cara de nojo.

Os exemplos são infinitos (e até podem ser invertidos) e eu bem sei que você aí, consegue vasculhar na sua consciência, tanto, exemplos onde foi discriminado, quanto onde já discriminou.

A melhor forma de acabar com essas atitudes que abominamos, é fazer um scan do nosso próprio caráter, é se retirar do papel de vítima da sociedade, é parar de tratar o coleguinha como seu inimigo. Afinal quando tratamos alguém como inimigo, automaticamente discriminamos. E você não gosta de discriminação, não é mesmo?!

Quando um negro coloca foto de escravos nos troncos com a legenda: “Vocês nunca vão saber o que é sofrer!”. Esse negro (que nunca teve essa particular experiência na pele) esquece-se do que aconteceu com os Judeus no Holocausto (que eram brancos), esquece-se dos Bolivianos que são escravizados aqui mesmo no Brasil nos dias de hoje, esquece-se dos meninos soldados escravizados em toda a África pelos próprios africanos.
Quando vejo uma mulher que se intitula “feminista”, mas que só faz inferiorizar homens, eu fico ainda mais triste pela humanidade. Porque ela se coloca acima… (acima de quem??). Ela discrimina!
Mas o que você faz pelo mundo?

De quem é a culpa dos seus problemas? Homens? Magros? Brancos? Mídia? Ricos?
Eu posso responder a essa pergunta, talvez a culpa seja de pessoas como: homens, magros, brancos, ricos ou você mesmo (talvez!).

Chega de lutar por minorias… Talvez seja esse, um termo incorreto.
Lutemos por uma maioria! Uma maioria de Pessoas de Bem, pessoas de boa índole, esclarecidas, que lutem por diretos iguais, educação, saúde e oportunidades a todos.
Lutemos pela aproximação dessas pessoas, pela união!

O mundo está doente e cada vez mais dividido por minorias infinitas, por pedras atiradas e por dedos apontados. Mas cabe a você, se juntar a mim, e a pessoas que acreditam na essência boa do ser humano.

Para mim, o caráter ainda é a maior diferença que pode existir entre nós dois!

Afinal, qual é a sua campanha? Ressaltar diferenças ou lutar por igualdade??!!

E para terminar, uma reflexão…
Se você for uma pessoa ruim para o mundo, você será discriminado por muitos e por vários motivos. Porém, você sempre achará que a culpa é o preconceito contra seu gênero, cor, credo, opção sexual ou status financeiro.

#pararefletir
#quemnunca
#pessoasdebem
#nãoadiscriminaçãodequalquertipo
#nãomepeçaparaestudarhistóriafaçacaridade

Por
Thais Mello
(Branca, Mulher, Hétero, Gordinha, Artista (ou seja, quase-pobre))

*O diálogo é fictício

 

Para aqueles que buscam Beleza, Amor e Inspiração!   ❤

.

 

Bom dia!!

Anúncios