Tags

, , , , , , , , ,

 

images

Podemos concordar sem sombra de dúvidas que a dança é uma arte certo? Então, a partir de que momento o virtuosismo técnico que beira o impossível se tornou tão importante?

É lógico que a destreza técnica faz parte do desenvolvimento da dança, se nos contentássemos em fazer exatamente o mesmo que os bailarinos de antigamente a dança estaria estagnada.
Sou fiel defensora da técnica e da evolução da nossa arte, mas só até ela ainda poder ser chamada como tal.

Hoje é cada vez mais comum vermos bailarinas com o mesmo teor sentimental de uma parede sendo tratadas como musas só por causa de seus giros impecáveis e de sua flexibilidade. É desconcertante pensar que para algumas pessoas a dança se resume à isso…Se seguirmos essa linha de pensamento, a dança deixa de ser arte e passa a ser um esporte.
Medalha de ouro para a Esmeralda que girou 10, medalha de prata para a Esmeralda que girou 8 e medalha de bronze para a Esmeralda que girou 2.
(Nisso pelo menos o esporte é mais justo porque no nosso mundo, a coitada da bailarina teria ido embora sem nada porque não atingiu a pontuação…)

Amo assistir à programas como So You Think You Can Dance, mas confesso que fico um pouco irritada quando eles começam a destacar performances com saltos mortais e duplos twists carpados. É dança ou é ginástica?

Se for ginástica, já podemos aposentar as sapatilhas desde já. Imagine se todas as fisicudas do GRD  resolvessem migrar para o ballet? Estaríamos perdidas..

Bom dia!!!

Carol Prado.

 

Anúncios